Informações retiradas da revista Verduras que Curam ano 1 nº 1
e do Manual do Paciente com Câncer da Sociedade Brasileira de Cancerologia

O organismo do paciente oncológico precisa de alimentação realmente saudável e livre de carcinogênicos adicionais, seja devido ao preparo ou fabricação. Além do mais, lembre- se que melhor que engolir pílulas é comer bem. Determine uma dieta rica em frutas, vegetais, proteínas, evitando as gorduras (sua ingestão faz com que haja uma formação maior de hormônios femininos, que podem vir a acarretar o câncer de mama.

Clique no Assunto de Seu Interesse

Medidas simples que garantirão o sucesso de uma alimentação e vida saudável
Verduras cujas ações ajudam impedir a formação de tumores
O que deve ser evitado na alimentação do paciente com câncer
Lembre-se: Nem tudo que é Natural é Saudável

Clique para Voltar: Cuidados Gerais

 

 

 

Algumas medidas simples que garantirão o sucesso de uma alimentação e vida saudável:

Considere como ideal 2 ou mais tipos de frutas ao dia e pelo menos 5 tipos de frutas diferentes por semana.

Coalhada caseira ou iogurte são aconselháveis e reguladores intestinais.

Levedura de cerveja em pó e germe de trigo podem e devem ser acrescentados a vitaminas de frutas batidas no liqüidificador e às sopas.

Grãos integrais (arroz, trigo, cevada, etc.)

Castanha do Pará, nozes, amêndoas (cruas e descascadas na hora de consumir)

Porções moderadas de peixe (compre peixes de alto mar – os maiores, pois os demais ficam muito perto de cais e praias, sendo catalisadores de poluição), frango ou carnes cruas, assadas ou cozidas. No preparo, retire toda a gordura do bife e a pele do frango antes de prepará-los. Evitar miúdos (coração, fígado). Dê preferência para as carnes magras.

Cozinhe levemente no vapor ou ferva no mínimo possível legumes como vagem, ervilha, chicória, etc. Não frite beringelas, faça- as assadas ou cozidas.

Doces: consumir com moderação e evita-los nos casos de diabetes.

Mel de abelhas e geléia real (também são reguladores intestinais, além de ser um tipo de glicose de fácil absorção).

Chá verde (Green Tea) chinês ou japonês (não confundir com o Ban-Chá), tomar várias vezes ao dia. Prepare- o na hora que for consumido  

Soja, tofú ( queijo de soja), missô ( pasta de soja para preparo de sopas e caldos), leite em pó de soja, etc., possuem propriedades anti tumorais comprovadas. Coma sushi, sashimi ou quibe cru pelo menos 2 vezes ao mês, e gemada 1 vez por semana.

Sucos de frutas e de legumes preparados na hora que vai ser bebido. Guarde na geladeira a água que você cozinhou os legumes para utilizar no preparo de molhos e sopas, mas não por muitas horas.

Água de coco verde.

Suplementos alimentares, como Sustagen, Sustacal, Sustain (não confundir com os Shakes Diets), podem enriquecer sua dieta, porém atenção: embora os fabricantes afirmem nas embalagens que podem ser diluídos em água quente, não o faça, pois assim destruirá a maior parte das vitaminas do produto.

Importantíssimo: mastigar muito bem antes de engolir os alimentos (a digestão começa na boca), comer devagar e com tranqüilidade, e evitar assuntos irritantes ou desagradáveis durante as refeições.

 Realizar uma dieta rica em cálcio. Prefira leite desnatado, queijo branco ou ricota.

Acrescente 1ou 2 colheres de farinha de soja e 3 ou 4 de germe de trigo em sopas, massa de bolos ou tortas.

Volta para Selecionar Assunto do Seu Interesse

 

 

 

Lista de verduras cujas ações ajudam a impedir a formação de tumores:

E um pequeno auxílio de como devem ser escolhidas na hora da compra:

 Acelga: escolha a acelga bem fresca com folhas sem manchas amareladas ou  marrons. a de talo curto é mais tenra, a de talo longo tem as folhas duras e fibrosas.

Alface: escolha os pés bem firmes, com as folhas mais escuras, dependendo da variedade. Nunca pegue as já escurecidas.

Alho: compre aquele que você tiver certeza que está fresco. As cabeças devem estar perfeitas e firmes, e os dentes, rijos ao toque. Nunca escolha alho fofo ou que tenha manchas escuras na casca.

Aspargo: tanto o de talo fino como o grosso, deve ser verde e brilhante. O talo deve ser quebradiço e as pontas firmes e eretas.

Beterraba: suas folhas também são aproveitadas. Escolha beterrabas lisas e firmes, de preferência pequenas, que costumam ser novas e macias. Atenção: nunca tome seu suco puro, pois pode causar paralisia temporária nas cordas vocais, urticária, taquicardia, até febre. Sempre deverá ser adicionada a sucos, diluída. De preferência deve ser ingerida crua e ralada.

Brócolis: escolha os maços bem verdes, sem flores amarelas abrindo ou abertas. Os talos devem ser consistentes, porém elásticos, e as folhas devem ser firmes e de cor bem viva.

Cebola: prefira as cebolas secas, firmes, com a casca sem manchas escuras e sem pescoço.

Cenoura: escolha as firmes, lisas, sem rachaduras, machucados e pequenas raízes brancas.

Couve: prefira os maços que tenham folhas firmes, cor verde profunda e sem nervuras grossas muito claras.

Couve- de- Bruxelas: escolha as frescas, com folhas bem verdes e viçosas, sem cheiro forte. As que estão fixas aos talos são geralmente frescas.

Couve- Flor: escolha sempre a couve flor compacta, firme, com cabeça branca ou de cor amarelo marfim uniforme. Verifique se a cabeça está rodeada por folhas de tom verde claro brilhante no centro e mais escuro nas beiradas, sem manchas escuras.

Espinafre: prefira maços com folhas firmes, crocantes, de cor  verde brilhante e pedúnculos curtos.

Pimentão: prefira os lisos e firmes. Os de pele brilhante foram encerados e devem ser rejeitados.

Tomate: escolha- os principalmente pelo aroma, maduros, de cor vermelha intensa, pesados e que cedam quando pressionados. Evite os verdes.

Vagem: compre as frescas, que estalam ao quebrar, evite as murchas e frouxas.

Folhas Verdes  (salsinha, salsão, rúcula, chicória, etc.): compre sempre  as com folhas firmes sem nervuras grossas e duras e rejeite aquelas murchas e amarelas.

Volta para Selecionar Assunto do Seu Interesse

 

 

 

O que deve ser evitado na alimentação do paciente com câncer?   

 

O organismo do paciente com câncer já está agredido pela própria doença e pelos tratamentos a que foi ou está sendo submetido. Portanto, poupe seu fígado e outros órgãos de agressão extra, evitando a ingestão de certos alimentos, conforme descrito à seguir:

 Ingestão de frituras, leite gordo, queijos curados ou envelhecidos, carnes gordurosas, massas ricas em gordura e doces fritos ou ricos em gorduras, empadinhas e tortas feitas com massa podre. Óleos e gorduras aquecidos para frituras ou refogados não devem ser reaproveitados.

Alimentos enlatados

Evite amendoim e seus derivados, pois grande parte dos estoques de amendoim no Brasil e de outros países não passam em testes de controle. O mesmo vale para os grãos de milho maduro e suas farinhas (fubá e farofa de milho em flocos). Prefira o milho verde cozido e utilize- o em pratos doces ou salgados. Pães de grãos integrais devem ser consumidos frescos para evitar o desenvolvimento de mofo.

Lingüiças, salsichas, frios e carnes defumadas contém produtos químicos corantes e conservantes comprovadamente cancerígenos.

Churrasco: os resíduos de carbono da fumaça penetram nas carnes e formam um poderoso carcinogênio. Além disso, as gorduras das carnes expostas ao calor e ao oxigênio, formam toda uma família de substâncias tóxicas que agridem até mesmo o DNA das células.

Bebidas alcoólicas, sucos artificiais: o álcool é uma substância tóxica, e os sucos e bebidas artificiais contêm uma combinação de corantes químicos em sua composição, desaconselháveis à saúde.

Refrigerantes do tipo cola contêm formaldeído e corantes tóxicos, além disso o gás dos refrigerantes causa gases e sensação de estufamento abdominal. Os refrigerantes dietéticos geralmente contêm sacarina, tóxica para o fígado.

Muitos dos refrigerantes diet/light contêm sacarina e/ou ciclamatos, que também são tóxicos para o fígado e, no caso do ciclamato, carcinogênico. Estudos mostram que a sacarina, consumida em alta quantidade, também pode induzir o câncer do pancrease de bexiga e uma dose limite deve ser estabelecida. Muitas pessoas consomem refrigerantes dietéticos  diariamente no lugar de água e sucos ou, ainda, adoçam chás, cafés e sucos caseiros com adoçantes a base de sacarina e ciclamato, o que pode leva- las a acumular níveis tóxicos destas duas substâncias.

Água com gás deve ser evitada porque provoca e/ou aumenta o desconforto causado pelo acúmulo de gases no estômago e nos intestinos.

Café e chá preto devem ser evitados por dois motivos: são irritantes gástricos e ricos em cafeína, que varre o cálcio para fora dos ossos, elimina potássio e zinco do corpo.

 

Volta para Selecionar Assunto do Seu Interesse

 

 

 

 

Lembre-se: Nem tudo que  é “natural” é saudável.

Tome cuidado com os chás medicinais populares. Muitas ervas contêm fortes toxinas que elas próprias produzem para defender- se de pragas que as atacam. É o caso do confrei, que foi muito utilizado por naturalistas em forma de chá, que contém 2 alcalóides que causam tumores malignos no fígado de  animais, em estudos de laboratório.

Condimentos fortes e irritantes podem agravar eventuais gastrites decorrentes de medicamentos. Além disso, alguns condimentos são altamente tóxicos e cancerígenos, como é o caso da mostarda e da raiz forte. Sal em excesso e pimenta do reino também favorecem o desenvolvimento de tumores do trato gastrointestinal.

Evite o microondas: no microondas, as células dos alimentos (vegetais ou carnes) são intensamente  bombardeadas por ondas eletromagnéticas de curta freqüência . neste processo, todas as enzimas são destruídas, bem como as vitaminas – a despeito da propaganda dos fabricantes.

Volta para Selecionar Assunto do Seu Interesse

 

 Selecione ao lado a opção desejada.